Dor lombar é campeã no ranking de atestados médicos em 2013

dor-lombar              
Segundo levantamento da Gesto Saúde & Tecnologia (GST), a dor lombar baixa é a campeã do ranking de afastamentos por atestados médicos do ano passado. (Entende-se por afastamentos por atestado médico aqueles que não são previdenciários, ou seja, de até 15 dias, pagos pela empresa.) A doença afeta homens e mulheres. Porém, no comparativo entre gêneros, o número de mulheres afetadas é quase o dobro do dos homens. A média de dias perdidos no trabalho é de um dia e meio. Para chegar ao resultado, a GST consultou a base de dados gerada por sua ferramenta Gesto Inteligente (GI), que hoje é composta por 90 empresas brasileiras, somando mais de três milhões de vidas administradas. A ferramenta reúne conceitos de bigdata e business intelligence, integrando informações de:
  • Planos de saúde
  • Atestados médicos
  • Afastamentos
  • Dados da medicina ocupacional
  • ROI (Return Of Investment)

De todas as ações de promoção de saúde e, dessas diferentes fontes , extrai oportunidades de redução de custo e incremento de saúde.

tabelapost8        
Para o Dr. Bento de Toledo, sócio- fundador da GST, existem aspectos que devem ser levados em conta. O CID F, código que identifica distúrbios psicológicos, não aparece explicitamente, mas eles devem estar na raiz de muitas das doenças. Estas informações, por serem relativas a períodos de afastamento inferiores a 15 dias ainda não apontam com clareza quais ocorrências caminham na direção de um afastamento previdenciário sob o CID F.
“Existem algoritmos que podem ser criados pelo gestor no intuito de antecipar esses afastamentos. Este é o valor de uma ferramenta de BI na gestão de saúde.”, comenta.

A ferramenta GI possibilita o cruzamento de informações – atestados com o consumo na apólice, exames realizados, atividade do colaborador, frequência de atestados, comparecimento ao ambulatório, etc. – que levam ao diagnóstico com mais agilidade e precisão.

“Um atestado de CID M (código que identifica distúrbios musculares) e dois de CID J (referente a viroses) num período de seis meses associados a duas consultas em rede credenciada e quatro passagens pelo PS tem um significado diferente de três consultas na rede com ortopedista e uma RM.” exemplifica Dr Bento.
Cadastre seu e-mail e receba nossos textos!