Quais perfis de colaboradores estão se tornando alto-custos na carteira?

Estima-se que beneficiários com perfil de utilização de alto custo sejam responsáveis por cerca de 60% dos gastos com a assistência à saúde e que representem apenas 5% da quantidade de vidas.

Dessa forma, agir para prevenir que beneficiários se tornem alto-custo pode ser uma estratégia assertiva no controle dos gastos com saúde e de variação de custos médico-hospitalares.

Entretanto, muitas vezes não se sabe quem são essas pessoas que se tornam alto custo para poder desenvolver uma ação de prevenção.

Em um amostra da base de dados da GST, foram selecionados cerca de 25 mil beneficiários que não apresentaram utilização de alto-custo em 2011 e permaneceram na carteira até 2013.

Em relação a esses beneficiários selecionados, a distribuição de sexo foi equilibrada (50,2% homens e 49,2%, mulheres). A média de idade foi de 36 anos de idade.

Entre aqueles que não foram alto-custo em 2011, 4,3% se tornaram alto-custo em 2013 e a média de idade dos que se tornaram alto-custo foi de 49  anos. A distribuição desses beneficiários em relação ao perfil em 2011 e que se tornaram alto-custo em 2013 e a média de idade pode ser observada na tabela a seguir.

 

 

Fonte:Banco de dados GST

Observou-se nessa amostra que aqueles que apresentaram um perfil de utilização contumaz, ou seja, frequentemente utilizam os serviços de saúde apresentaram um risco de 1,4 vezes em apresentar um evento de alto custo em relação àqueles com utilização normal. Entre aqueles com um perfil de utilização de doentes crônicos, esse risco foi de 2,5 vezes em apresentar um evento de alto risco em comparação aos que utilizam o serviço normalmente. Os outros perfis não apresentaram risco em apresentar eventos de alto custo, nessa amostra.

Com os dados dessa amostra, pode-se concluir que ações estratégicas de saúde poderiam ser desenvolvidas visando a prevenção dessas duas subpopulações, buscando uma melhor saúde para a população beneficiária e uma melhor saúde financeira para a empresa.

E na sua empresa, qual o perfil da população que se torna alto custo?

Cadastre seu e-mail e receba nossos textos!